The Workplace

Análise de mercado por quem respira mercado.

Os novos desafios da retenção de talentos

Neowrk-Os-novos-desafios-da-retenção-de-talentos

Antes da pandemia, reter e engajar os colaboradores se resumia, basicamente, em oferecer escritórios com infraestrutura confortável, equipamentos modernos, TI ininterrupta, desenvolvimento profissional, flexibilidade, benefícios e afins. Agora, é preciso ir muito além dessas questões.

Com o trabalho remoto, implantado – por grande parte das empresas – às pressas no início do ano, gerenciar o quadro de funcionários se tornou algo complexo. Não somente a dinâmica dos escritórios mudou, mas também a necessidade e percepção de cada colaborador, como mostra uma recente pesquisa global da Salesforce, feita com mais de 20.000 pessoas em todo o mundo, onde 60% dos entrevistados esperam que o trabalho remoto se torne norma.

Na terceira semana de agosto, 800 mil trabalhadores voltaram ao trabalho. De julho a setembro deste ano, registrou-se 12 milhões de pessoas retornando às empresas.

Um contraponto dessa nova realidade/expectativa é mostrado pelo IBGE: na terceira semana de agosto, 800 mil trabalhadores voltaram ao trabalho. De julho a setembro deste ano, registrou-se 12 milhões de pessoas retornando às empresas. À medida que mais pessoas regressam ao presencial, a aglomeração nos escritórios deixou de ser algo antes nada preocupante para se tornar uma questão de saúde. Um grande desafio aos gestores.

Conforme o tempo foi passando, junto nasceu uma dinâmica um pouco diferente no modelo de trabalho. Algumas companhias começaram a implantar um mix entre trabalho remoto e trabalho presencial, com times compostos por colaboradores de vários lugares do Brasil x colaboradores trabalhando presencialmente. Levando todas essas informações em consideração, cabe a pergunta:

Qual é a sua capacidade de gestão para conseguir alinhar o workplace com esse mix de formato de trabalho?

Como gerenciar questões relacionadas a desmotivação, perda de parte das interações, perda da cultura corporativa? Ou, ainda, como promover o desenvolvimento de carreira, manter a produtividade da equipe num ambiente onde os times estão tão separados? Nos dias de hoje, a experiência do funcionário é o novo Customer Experience. Esses e outros itens são imprescindíveis para tornar seu quadro de funcionários engajados.

Outro desafio totalmente inserido nesse contexto é a gestão dos escritórios, ou seja, a gestão do espaço físico. Embora as empresas não estejam funcionando com 100% da capacidade, como criar um ambiente seguro, moderno e, ao mesmo tempo, econômico? Uma alternativa é redefinir os escritórios e buscar formas de reduzir custos com o espaço.

Os escritórios podem dispor de diferentes soluções para o trabalho, como, por exemplo, mesas assignadas, colaborativas, compartilhadas ou até mesmo coworking. Mas, para que funcionem, é preciso usar a tecnologia a seu favor. Optando pela ferramenta certa de gestão de escritórios, a administração disso passa a ser baseada em uma visão inteligente, ágil e focada na experiência dos colaboradores. Assim, você toma as decisões mais rapidamente, sem desperdiçar os recursos da empresa e, o mais importante, mantendo o time engajado e seguro.

Deixe um Comentário